Alepi

A ASSEMBLEIA | GALERIA DE FOTOS | WEBMAIL | NOTÍCIAS | OUVIDORIA | Organograma |
07-02-18 13:31

Deputado fala novamente sobre denúncia contra prefeito

 

O deputado Robert Rios (PDT) voltou a falar nesta manhã de quarta-feira (07) durante o tempo de dois minutos, sobre a denúncia feita por ele, na manhã de ontem, terça-feira, de que o prefeito de Bertolínia, no Sul do Piauí, teria pago uma dívida, com a ambulância da cidade.
“Eu não acreditava, de tão estapafúrdia que é a notícia. Pedi ate no meu discurso, aqui, para que o Ministério Público apurasse o caso, porque o delegado regional instaurou o inquérito e estava apurando e finalizando o inquérito, o delegado geral recebeu a visita do prefeito e avocou o inquérito”, comentou.
Segundo Robert Rios, o delegado que estava investigando reagiu e deu um parecer dizendo que o inquérito estava no final e ainda assim, o delegado geral arrancou do delegado regional, a investigação. Robert Rios disse ainda que para sua surpresa, o delegado o Ministério Público, diligentemente, na pessoa do promotor AssueiroStevenson, impetrou uma ação civil pública contra o prefeito de Bertolínia.
“O fato existe e é verdadeiro. O Ministério Público já adotou providência sobre o fato, agora precisa também o Ministério Público, que tem o controle externo da atividade policial, entrar contra o delegado geral que tentou evitar o papel da Justiça. Tentou evitar que o prefeito fosse indiciado pelo delegado, o que eu acho extremamente grave”, ressaltou.
Robert disse ainda que em seu entender, ou o delegado geral fez isso por conta própria e deve ser afastado do cargo pelo governador, ou ele fica no cargo e ele Robert Rios  passa a entender que o governador deu a ordem porque o prefeito é do PT e o delegado é apenas cúmplice do governador  Wellington Dias.  
Lindalva Miranda

O deputado Robert Rios (PDT) voltou a falar nesta manhã de quarta-feira (07) durante o tempo de dois minutos, sobre a denúncia feita por ele, na manhã de ontem, terça-feira, de que o prefeito de Bertolínia, no Sul do Piauí, teria pago uma dívida, com a ambulância da cidade.


“Eu não acreditava, de tão estapafúrdia que é a notícia. Pedi ate no meu discurso, aqui, para que o Ministério Público apurasse o caso, porque o delegado regional instaurou o inquérito e estava apurando e finalizando o inquérito, o delegado geral recebeu a visita do prefeito e avocou o inquérito”, comentou.


Segundo Robert Rios, o delegado que estava investigando reagiu e deu um parecer dizendo que o inquérito estava no final e ainda assim, o delegado geral arrancou do delegado regional, a investigação. Robert Rios disse ainda que para sua surpresa, o delegado o Ministério Público, diligentemente, na pessoa do promotor Assueiro Stevenson, impetrou uma ação civil pública contra o prefeito de Bertolínia.



“O fato existe e é verdadeiro. O Ministério Público já adotou providência sobre o fato, agora precisa também o Ministério Público, que tem o controle externo da atividade policial, entrar contra o delegado geral que tentou evitar o papel da Justiça. Tentou evitar que o prefeito fosse indiciado pelo delegado, o que eu acho extremamente grave”, ressaltou.



Robert disse ainda que em seu entender, ou o delegado geral fez isso por conta própria e deve ser afastado do cargo pelo governador, ou ele fica no cargo e ele Robert Rios  passa a entender que o governador deu a ordem porque o prefeito é do Partido dos Trabalhadores.

 


Lindalva Miranda - Edição: Caio Bruno 



 



Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 
Copyright © 2013 - Assembleia Legislativa do Piauí