Alepi

A ASSEMBLEIA | GALERIA DE FOTOS | WEBMAIL | NOTÍCIAS | OUVIDORIA | Organograma |
10-07-19 13:58

Piauí precisa de R$ 3 bilhões para saneamento básico

 

 
O deputado Henrique Pires (MDB) afirmou nesta quarta-feira que o Piauí precisa de R$ 3 bilhões para universalizar o saneamento básico. Ele disse que quando foi presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) deixou 140 projetos para a instalação de sistemas de coleta e distribuição de água, esgotamento sanitário e tratamento de resíduos sólidos.
Ele também lamentou o cancelamento de um convênio firmado entre a Funasa e a Prefeitura de Pajeú do Piauí, que atendeu recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU). Segundo disse, estava tudo certo para que os recursos fossem liberados, mas a coordenadoria de convênios da Funasa, comunicou ao município o cancelamento. “E olha que TCU apenas recomenda, não delibera”, lembrou.
“Água é saúde. Com a diminuição do ICMS e do FPM quem sofre mais é saúde, que fica com menos recursos. E saneamento não é só água tratada, mas também esgoto e coleta correta do lixo. A cada dez litros de água tratada são desperdiçados 4 litros, o que nos remete à necessidade de educação ambiental para evitar o desperdício”, falou acrescentando que Teresina viveu duas tragédias no Torquato Neto e no Parque Rodoviário por falta de saneamento.
Heenrique Pires também falou sobre um pedido de informações feito à Universidade Estadual do Piauí (Uespi) sobre a aplicação do exame Revalida, que permite aos médicos formados no exterior exercerem a profissão no Brasil, após a realização de uma série de testes. Ele quer saber se a Uespi tem infraestrutura para realizar o exame e, caso necessite de uma legislação específica, vai colocar o seu mandato à disposição para a iniciativa.
“Já tratei com o governador Wellington Dias sobre a criação do Mais Médicoso no Estado. Não vamos inventar a roda, pois o programa já existe no Ceará, no Espírito Santo e na cidade de Campinas, em São Paulo. No Piauí sete municípios não tem médicos”, adiantou.
 

O deputado Henrique Pires (MDB) afirmou nesta quarta-feira que o Piauí precisa de R$ 3 bilhões para universalizar o saneamento básico. Ele disse que quando foi presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) deixou 140 projetos para a instalação de sistemas de coleta e distribuição de água, esgotamento sanitário e tratamento de resíduos sólidos.


Ele também lamentou o cancelamento de um convênio firmado entre a Funasa e a Prefeitura de Pajeú do Piauí, que atendeu recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU). Segundo disse, estava tudo certo para que os recursos fossem liberados, mas a coordenadoria de convênios da Funasa, comunicou ao município o cancelamento. “E olha que TCU apenas recomenda, não delibera”, lembrou.


“Água é saúde. Com a diminuição do ICMS e do FPM quem sofre mais é saúde, que fica com menos recursos. E saneamento não é só água tratada, mas também esgoto e coleta correta do lixo. A cada dez litros de água tratada são desperdiçados 4 litros, o que nos remete à necessidade de educação ambiental para evitar o desperdício”, falou acrescentando que Teresina viveu duas tragédias no Torquato Neto e no Parque Rodoviário por falta de saneamento.


Heenrique Pires também falou sobre um pedido de informações feito à Universidade Estadual do Piauí (Uespi) sobre a aplicação do exame Revalida, que permite aos médicos formados no exterior exercerem a profissão no Brasil, após a realização de uma série de testes. Ele quer saber se a Uespi tem infraestrutura para realizar o exame e, caso necessite de uma legislação específica, vai colocar o seu mandato à disposição para a iniciativa.


“Já tratei com o governador Wellington Dias sobre a criação do Mais Médicoso no Estado. Não vamos inventar a roda, pois o programa já existe no Ceará, no Espírito Santo e na cidade de Campinas, em São Paulo. No Piauí sete municípios não tem médicos”, adiantou.

 

 

Durvalino Leal - Edição: Caio Bruno 

 

 



 



Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 
Copyright © 2013 - Assembleia Legislativa do Piauí