Deputado Franzé Silva reage a ataques sofridos nas redes sociais
14/09/2021 12h47

 

Deputado comenta ataques sofridos nas redes sociais
O deputado estadual Franzé Silva (PT) comentou, durante a sessão plenária desta terça-feira (14), sobre os recentes ataques sofridos nas redes sociais em razão da apresentação de Projeto de Lei Nº 132/2021, que determina que estabelecimentos e eventos realizados no Piauí exijam comprovantes de vacinação contra a Covid-19 para permitir o acesso do público.
“Por eu ter protocolado esse Projeto aqui na Casa, invadiram as minhas redes sociais e fizeram ataques pessoais. Atacaram a minha honra e dignidade. Eu quero dizer aos negacionistas que continuo lutando pela vida dos piauienses e brasileiros. Esse Projeto vai tramitar na Alepi e promover a discussão em prol da vida”, disse Franzé Silva.
O parlamentar afirmou ainda que uma pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) demonstra que mais da metade dos municípios do Brasil desejam a implantação de um critério para o retorno seguro às atividades. “Mais de 55% dos municípios brasileiros discutem e querem um controle maior para a volta às atividades. Infelizmente, há os negacionistas. Há pessoas que não querem se vacinar porque acham que a vacina é ineficiente, mesmo com a queda na quantidade de mortes após o avanço da vacinação”, declarou.
Incêndios
Ainda durante a sessão, o deputado estadual Francisco Costa (PT) informou aos parlamentares presentes que participou de reunião com o coronel José Arimateia Rêgo de Araújo, comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Piauí, para tratar da situação das queimadas que atingem a região do município de São Raimundo Nonato e sobre a ampliação dos serviços da instituição.
“Na ocasião, reivindicamos a elaboração de um projeto para a implantação de uma unidade do Corpo de Bombeiros em Oeiras para que haja condições de atender com maior rapidez a região do Vale do Canindé”, pontuou o parlamentar que esclareceu que também foram solicitadas melhorias na unidade de Floriano. 
Andréia Sousa - Edição : Katya D'Angelles

O deputado estadual Franzé Silva (PT) comentou, durante a sessão plenária desta terça-feira (14), sobre os recentes ataques sofridos nas redes sociais em razão da apresentação de Projeto de Lei Nº 132/2021, que determina que estabelecimentos e eventos realizados no Piauí exijam comprovantes de vacinação contra a Covid-19 para permitir o acesso do público.

“Por eu ter protocolado esse Projeto aqui na Casa, invadiram as minhas redes sociais e fizeram ataques pessoais. Atacaram a minha honra e dignidade. Eu quero dizer aos negacionistas que continuo lutando pela vida dos piauienses e brasileiros. Esse Projeto vai tramitar na Alepi e promover a discussão em prol da vida”, disse Franzé Silva.

O parlamentar afirmou ainda que uma pesquisa da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) demonstra que mais da metade dos municípios do Brasil desejam a implantação de um critério para o retorno seguro às atividades. “Mais de 55% dos municípios brasileiros discutem e querem um controle maior para a volta às atividades. Infelizmente, há os negacionistas. Há pessoas que não querem se vacinar porque acham que a vacina é ineficiente, mesmo com a queda na quantidade de mortes após o avanço da vacinação”, declarou.

INCÊNDIOS - Ainda durante a sessão, o deputado estadual Francisco Costa (PT) informou aos parlamentares presentes que participou de reunião com o coronel José Arimateia Rêgo de Araújo, comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Piauí, para tratar da situação das queimadas que atingem a região do município de São Raimundo Nonato e sobre a ampliação dos serviços da instituição.

“Na ocasião, reivindicamos a elaboração de um projeto para a implantação de uma unidade do Corpo de Bombeiros em Oeiras para que haja condições de atender com maior rapidez a região do Vale do Canindé”, pontuou o parlamentar que esclareceu que também foram solicitadas melhorias na unidade de Floriano.

Andréia Sousa - Edição : Katya D'Angelles

Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí