Limma defende transparência como forma de combate à corrupção
13/10/2021 14h04

 

Em entrevista concedida na manhã desta quarta-feira (13), o deputado Francisco Limma (PT) enfatizou a importância da transparência na gestão dos recursos públicos como mecanismo de combate à corrupção. O parlamentar afirmou que a clareza em relação à aplicação do dinheiro público sempre fez parte das suas atividades na vida política. “Sempre fui favorável ao máximo de transparência possível. Quando fui prefeito, por exemplo, colocava as contas públicas em outdoors”, disse.
O parlamentar é o autor do Indicativo de Projeto de Lei n.º 51/2021, que dispõe sobre a adoção do portal da transparência pelas escolas públicas estaduais. “Antes as escolas quase não recebiam recursos. Agora elas recebem recursos tanto do governo estadual, quanto do governo federal. É importante que se crie um portal que deixe claro para a sociedade quais valores estão entrando e o que está sendo feito com eles”, aponta. 
Para Francisco Limma, a corrupção também passa pela falta de informações. “A corrupção não é um problema somente da instituição A ou B, mas também da falta de acesso às informações. Quanto mais você puder fornecer informações para a sociedade, mais fácil fica o controle e o combate à corrupção”, analisa. Conforme o texto do Indicativo, esse modelo de portal da transparência deve ser fixado no sítio eletrônico da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e fornecerá acesso a informações relativas a investimentos e despesas das escolas públicas estaduais. Atualmente, a matéria aguarda a votação em plenário. 
Andreia Sousa - Edição: Katya D'Angelles 

Em entrevista concedida na manhã desta quarta-feira (13), o deputado Francisco Limma (PT) enfatizou a importância da transparência na gestão dos recursos públicos como mecanismo de combate à corrupção. O parlamentar afirmou que a clareza em relação à aplicação do dinheiro público sempre fez parte das suas atividades na vida política. “Sempre fui favorável ao máximo de transparência possível. Quando fui prefeito, por exemplo, colocava as contas públicas em outdoors”, disse.

O parlamentar é o autor do Indicativo de Projeto de Lei n.º 51/2021, que dispõe sobre a adoção do portal da transparência pelas escolas públicas estaduais. “Antes as escolas quase não recebiam recursos. Agora elas recebem recursos tanto do governo estadual, quanto do governo federal. É importante que se crie um portal que deixe claro para a sociedade quais valores estão entrando e o que está sendo feito com eles”, aponta. 

Para Francisco Limma, a corrupção também passa pela falta de informações. “A corrupção não é um problema somente da instituição A ou B, mas também da falta de acesso às informações. Quanto mais você puder fornecer informações para a sociedade, mais fácil fica o controle e o combate à corrupção”, analisa. Conforme o texto do Indicativo, esse modelo de portal da transparência deve ser fixado no sítio eletrônico da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e fornecerá acesso a informações relativas a investimentos e despesas das escolas públicas estaduais. Atualmente, a matéria aguarda a votação em plenário. 


Andreia Sousa - Edição: Katya D'Angelles 

 

Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí