Estudante Maria Letícia vive um dia de atividade como deputada estadual
20/10/2021 12h31

 

A jovem Maria Letícia, de 14 anos, teve uma quarta-feira (20) bem diferente. A moradora da zona rural de Teresina viveu a experiência de um dia como deputada estadual. Lucy Soares (Progressistas) abriu as portas de seu gabinete para a menina que faz parte dos projetos da ONG Plan International.
O dia de Maria Letícia teve muito trabalho. Ainda cedo, chegou ao gabinete da deputada Lucy Soares e depois participou da reabertura das reuniões da Comissão de Defesa do Direito das Mulheres. Com a participação dos deputados Gustavo Neiva (PSB), Severo Eulálio (MDB), Elisângela Moura (PC do B), Teresa Britto (PV) e Belê Medeiros (Progressistas) presenciou a aprovação de seis projetos na primeira reunião de Lucy Soares como presidente da comissão após a saída de Flora Izabel para ser conselheira do Tribunal de Contas do Estado.
No Plenário, Maria Letícia sentou junto com todos os parlamentares e assistiu os debates e votações. Perguntada sobre a importância deste dia, a jovem disse que havia sido muito bom porque não conhecia o funcionamento de um local importante como a Assembleia Legislativa.
O dia de Maria Letícia faz parte de um esforço de Lucy Soares para chamar a atenção às dificuldades que as meninas vivem na sociedade. O combate à violência sexual e às desigualdades no acesso à educação estão no foco da parlamentar. “Isso aqui é para mostrar para a população, para a sociedade, que o empoderamento começa desde cedo. Essas meninas vão ser agentes para multiplicar esse empoderamento”, falou a deputada.
A iniciativa foi tomada em parceria com a Plan Internacional que mantém diálogo com Lucy Soares. Isso é destacado por Ludiane Dinair que é uma das coordenadoras da ONG no estado. “Ela abriu o espaço da Assembleia Legislativa para nós e um dos grandes resultados é a gente ter conseguido implementar aqui no Piauí o Dia da Menina, 11 de outubro, como uma lei a nível estadual”, disse Ludiane.
A Plan Internacional selecionou Maria Letícia entre as diversas meninas que participam de seus projetos. Foi disputada uma eleição entre as que mais desenvolvem as atividades, se expressam melhor e tinham interesse em conhecer o trabalho político. Além de visitar o Legislativo, elas podem trazer demandas de suas comunidades.

A estudante Maria Letícia, de 14 anos, teve uma quarta-feira (20) diferente. A moradora da zona rural de Teresina viveu a experiência de um dia como deputada estadual. Lucy Soares (Progressistas) abriu as portas do gabinete dela para a adolescente, que faz parte dos projetos da ONG Plan International.
O dia de Maria Letícia foi de muito trabalho. Ainda cedo da manhã já estava no gabinete da deputada Lucy Soares e em seguida participou da reunião da Comissão de Defesa do Direito das Mulheres, com a participação dos deputados Gustavo Neiva (PSB), Severo Eulálio (MDB), Elisângela Moura (PC do B), Teresa Britto (PV) e Belê Medeiros (Progressistas) presenciou a aprovação de seis projetos, na primeira reunião de Lucy Soares como presidente da comissão após a saída da deputada Flora Izabel (PT), que renunciou ao mandato para assumir como conselheira do Tribunal de Contas do Estado.
No Plenário, Maria Letícia se juntou aos deputados e assistiu aos debates e às votações. Perguntada sobre a importância deste dia, a jovem disse que foi muito bom porque não conhecia o funcionamento de um local importante como a Assembleia Legislativa.
O dia de Maria Letícia é parte do esforço da deputada Lucy Soares para chamar a atenção às dificuldades que as meninas vivem na sociedade. O combate à violência sexual e às desigualdades no acesso à educação estão no foco da parlamentar. “Isso aqui é para mostrar para a população, para a sociedade, que o empoderamento começa desde cedo. Essas meninas vão ser agentes para multiplicar esse empoderamento”, acredita a deputada.
A iniciativa foi uma parceria com a Plan Internacional que mantém diálogo com Lucy Soares. Isso é destacado por Ludiane Dinair que é uma das coordenadoras da ONG no estado. “Ela abriu o espaço da Assembleia Legislativa para nós e um dos grandes resultados é a gente ter conseguido implementar aqui no Piauí o Dia da Menina, 11 de outubro, como uma lei a nível estadual”, disse Ludiane.
A Plan Internacional selecionou Maria Letícia entre as diversas meninas que participam de seus projetos. Foi disputada uma eleição entre as que mais desenvolvem as atividades, se expressam melhor e tinham interesse em conhecer o trabalho político. Além de visitar o Legislativo, elas podem trazer demandas de suas comunidades.

Nícolas Barbosa - Edição: Katya D'Angelles

Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí