Representantes de 50 cidades participam de homenagem a conselheiros tutelares na Alepi
23/11/2021 12h28

Por iniciativa do deputado estadual Firmino Paulo (Progressistas), foi realizada na manhã desta terça-feira (23), no plenário da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), sessão solene em homenagem ao dia do conselheiro tutelar. Estiveram presentes conselheiros de todo o estado para a comemoração e também para fazerem avaliação dos trabalhos realizados e planejamento de ações futuras.

 

"Nós temos hoje na Alepi conselheiros tutelares de vários municípios do Piauí e eles estão aqui para celebrar e ver o planejamento de questões importantes para o desempenho de suas funções no futuro", explicou Firmino Paulo. Foram representadas 50 cidades, entre elas estavam Floriano, Paulistana, Tanque do Piauí, Corrente e Gilbués. Firmino Paulo destacou que é necessário realizar treinamentos constantes para melhor coleta e armazenamento de informações. O SIPIA, um sistema nacional de registro e tratamento de dados, é relevante nessa ação. Conforme o parlamentar, “é muito importante a alimentação desse sistema e então temos que fazer esse trabalho para que fiquem registradas todas as informações de nossas crianças e adolescentes”.

 

PROFISSIONALIZAÇÃO - A promotora da justiça do Centro de Apoio e Defesa da Infância e Juventude do Piauí, Joselice Nunes, defendeu a profissionalização dos conselheiros, argumentando que ninguém trabalha fora dos sistemas informatizados e que o SIPIA é o caminho para juntar as informações e conseguir dados confiáveis, que irão embasar as políticas públicas. “Para toda e qualquer fundamentação, nós precisamos de dados fidedignos e isso nós conseguiremos com a implementação e utilização efetiva do SIPIA”, diz.

Francisco leite da Silva, presidente da Associação dos Conselheiros Tutelares do Piauí, afirmou que todos os conselheiros do estado devem se capacitar para usar o SIPIA e, para isso, “fizemos uma parceria com a Semcaspi (Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas) e Teresina vai capacitar os 25 conselheiros tutelares da cidade e, nessa parceria, podemos incluir mais sete municípios”, comunicou. O representante da Semcaspi, André Santos, garantiu que o centro de formação da prefeitura de Teresina “está inteiramente à disposição da Associação para que ela faça a capacitação do SIPIA com os outros conselheiros do estado”. Maria Rosário de Sousa, presidente do Sindicato dos Conselheiros Tutelares do Estado do Piauí, salientou a criação do primeiro sindicato da categoria no estado, que poderá lutar pelos direitos dos conselheiros, que muitas vezes ainda não são reconhecidos. “Gostaria de pedir mais apoio aos deputados para que possamos ter mais direitos, sermos valorizados”, declarou.

 

O presidente do Conselho Estadual dos Direitos das Crianças e Adolescentes, Antônio José Mendes, afirmou que o trabalho dos conselheiros tutelares é bastante dificultado por falta de infraestrutura, inclusive para usar sistemas informatizados é complicado, pois 80% das sedes do Conselho Tutelar possuem apenas um computador e, por serem obsoletos, não é possível instalar o sistema. Segundo o presidente, a infraestrutura mínima de equipamentos é de no mínimo três computadores e internet.

 

Conselhos Tutelares não possuem infraestrutura

Antônio José Mendes destacou que “90% dos Conselhos Tutelares que possuem infraestrutura mínima foram através de emendas parlamentares, através dos kits equipagem de deputados federais e senadores e nada impede que deputados estaduais comecem a ver os Conselhos Tutelares e destinem parte de suas emendas”. Zé Santana (MDB), secretário estadual da Assistência Social (SASC), esteve presente na sessão solene, registrou a importância dos trabalhos desses profissionais e a luta deles para que as crianças e adolescentes tenham seus direitos respeitados, resguardados,“inclusive como instrumento da formação desses adultos que serão amanhã”. Os deputados estaduais João de Deus (PT), Cícero Magalhães (PT) e Ziza Carvalho (PT) também foram à comemoração e falaram sobre o trabalho árduo e fundamental dos conselheiros tutelares. Para Ziza Carvalho, eles merecem ser reverenciados e a população deve saber da importância deles para a sociedade.

 

 

Iury Parente - Edição: Katya D'Angelles

Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí