Programa de Atendimento ao Paciente Diabético de Risco é lançado em Teresina
07/08/2021 09:25

O Centro Integrado do Lineu Araújo (CISLA) lançou na manhã de sexta-feira (06), em Teresina, o Programa de Atendimento ao Paciente Diabético de Risco (PADIR). O intuito é atender pessoas com diabetes descompensadas, dependentes de insulina ou que possuam alguma comorbidade decorrente da doença. A expectativa inicial é que sejam atendidas 318 pessoas.
O Diretor do Lineu Araújo, Francisco Cavalcante, explicou que “nem todo diabético é de risco, mas grande parte são dependentes de insulina e de cuidados maiores” e que o programa vem, especificamente, atender esses pacientes que necessitam de mais acompanhamento.
De acordo com a enfermeira supervisora do CISLA, Ana Maria de Oliveira, o novo programa vem acolher uma demanda de pacientes que “ficaram perdidos na rede por falta de vaga e pelo PSF não conseguir mantê-los sob controle”.
 “A ideia é resgatar esses pacientes para que eles possam ficar dentro do Lineu Araújo e serem controlados. Se eles são controlados eles voltam para as UBS’s, mas se eles são diabéticos insulinodependentes e têm alguma comorbidade decorrente da diabetes, como rinopatia, nefropatia, eles não saem mais do PADIR”, informou.
Presente durante o evento, o prefeito municipal de Teresina, Dr. Pessoa, destacou a importância do programa. “É um setor importante que o prefeito tem que estar presente dando suporte para melhorar a quantidade e a qualidade do serviço”.
O novo programa funcionará de maneira integrada com as unidades básicas de saúde, que serão responsáveis pelo encaminhamento dos pacientes aos endocrinologistas gerais, os quais farão a triagem e identificação das pessoas que deverão ser atendidos pelo PADIR. No local serão ofertados ainda especialistas nas áreas de cardiologia, pé diabético, oftalmologia, nefrologia, urologia, proctologia, entre outras.


Pé Diabético
Devido complicações decorrentes da neuropatia (redução da sensibilidade) e, também da alteração vascular, que acometem a população diabética, foi integrado ao PADIR o serviço Pé Diabético. Segundo a enfermeira estomaterapeuta, Verônica Rezende, o Pé Diabético “visa reduzir danos e evitar amputações” nos pacientes. Para ter acesso, a pessoa com diabetes pode procurar diretamente o serviço no Lineu Araújo ou receber encaminhamento de outras unidades de saúde.


Cristina Fontes
 

 

,


Av. Mal. Castelo Branco, 201 - Cabral - Teresina/PI (86) 3133-3022 Copyright © 2019 - Assembleia Legislativa do Piauí